Notícias  » Geral

BALANÇO # 4.1 – A jornada dos heróis

           

Mata-mata da Ouro começa com goleadas e desperdício inacreditável de shoot outs; Careca, Nica e Vini são supers!
  • Torneio de quinta à noite? Tem sim!

    Sua noite de quinta será a maior diversão!
  • Seu notebook anda travando?

    Suporte para seu notebook e computador. Atendimento em domicílio. (11) 99138-0262
Já é tempo de mata-mata na Copa Apertura! As oitavas de final foram realizadas no último fim de semana e foram 16 jogos entre Divisão Ouro e Divisão Prata! Abaixo um apanhado dos confrontos da Divisão Ouro!
 
Amplo domínio – No sábado, o 2 Tok´s dominou amplamente o Lokomotiv, mas só deslanchou na reta final do jogo. Em erro de Gallego, que quis sair jogando e se deu mal, pisou na bola e ela ficou para Allan rolar da linha de fundo para Mark chutar frontalmente o 1 x 0. Antes Hulk já tinha perdido gol da entrada da área ao chutar pra fora! Só que ele guardou a chance seguinte: lançamento de Gallego, a bola quicou perto da área e de primeira Hulk deu um totó para matar Marcão. O pessoal de amarelo ainda reclamou que a bola pingou dentro da área, mas o fato é que foi gol!
 
A virada aconteceu ainda no primeiro tempo, com Rafa escorando pancada cruzada de Caique da direita. No segundo tempo, pressão do 2 Tok´s e o Loko jogando por uma bola. Em falta mal batida por Zezé, contra-ataque azul e gol de Fefe. O gol de Naldo, quase aos 20, serviu como a pá de cal no caixão aurinegro.
 
Profetizou! – O adversário do 2 Tok´s será o Hooligans, que no domingo derrubou o favorito Tirinhas na disputa de shoot outs. Com 3 minutos, Piova foi às redes, só que Profeta mostrou que é matador e oportunista, aproveitando bobeada do goleiro Henrique, que soltou uma bola fácil na área nos pés do canibal. Aí foi o empate, segundos depois. Quem merecia o gol foi Bruninho, que após cortar Gui no meio de campo soltou um pombo sem asa a explodir na forquilha! Uau! Só que com menos de um minuto do segundo tempo, bola na área de escanteio e Luci foi mais esperto pra castigar de cabeça. Virada!
 
Tudo parecia lindo com Profeta marcando seu oitavo gol na competição, o Hooligans abrindo dois gols de vantagem e o contra-ataque a ser explorado... Viria mais gol? O Tirinhas acordou e não demorou 5 minutos para igualar o marcador, com Coala e Bruninho. A igualdade persistiu até o final, quando das 6 cobranças de shoot out apenas Profeta guardou! Segura o homem que ele avisou que o Hooligans vem aí! Destaque também para o herói Nicaretta, que nao é profeta mas sabe das coisas debaixo das traves, tanto que defendeu as três cobranças! Com eles não tem ressaca!
 
Revanche – Quem vencer do duelo acima encara o vencedor de Ras Time x Condor´s. Ainda no sábado, o Condor´s precisou dos shoot outs para dar o troco no Sexta-Feira. Jogo quentíssimo, muito em função da tumultuada partida da 1ª fase. O Condor´s buscou mais o jogo, teve mais posse e criou mais, mas não passou do 2 x 2. Conta aberta aos 6 minutos, com Marcelo, o Faca, marcando após cruzamento de Saraiva da esquerda. Xandy quase igualou em seguida, mas Frajola foi maior que ele e com o braço esticado salvou.
 
Dri Ferreira, com a ajuda providencial de Teté, foi às redes e empatou em chute cruzado que ia pra fora, para menos de um minuto depois ver seu time tomar novo gol. Bola de escanteio, a defesa vinho só ficou olhando Gustavo fuzilar no alto! 2 x 1! Mas a onda seguiu e novo empate saiu aos 16, com Gennick, enfim estreando na competição!
 
O gol só acendeu mais o Condor´s, que foi pra cima do jeito que dava e esbarrava na forte, física e certeira marcação do Sexta-Feira (haja vontade dessa rapaziada!). O segundo tempo foi de intensa pressão, com o Sexta parecendo cansado para levar perigo ao gol de Marcão. O time mais se defendeu e pareceu abdicar do ataque, apostando em alguma bola parada ou aérea, especialmente com Marcelo e Lucão. Certo é que acabou como terminou o primeiro tempo, sendo a decisão nos shoot outs. Dri e Gennick guardaram, assim como Patrick e Marcelo (uuuufaa!). Frajola bateu e perdeu – mandou pra fora! Aí ele tinha de defender a cobrança de Gio, mas não obteve sucesso. Condor´s avança!
 
Agora foi pra valer – Seu adversário é o Ras Time, que vem nadando de braçada na competição. No repeteco seco ante o Receba (no campo encharcado, 2 x 1 pequeno fechando a fase de grupos), não deixou o adversário ver a bola. Foi um totó daqueles do Ras, que não fez mais que 5 x 1 porque Leo Voador não deixou. De joelho após escanteio da esquerda,  Digão abriu a conta. Também de escanteio, só que pela direita, Dú fez o 2 x 0 de cabeça. Estava bom pra um primeiro tempo em que o Receba não ameaçou Cipó.
 
No segundo tempo, o Ras chegou mais e Voador apareceu para pegar bola de Léo da direita cruzada, usar as pernas para parar Fezolas do bico da área e mostrar que tem peito de aço ao abrir-se como um pavão em arremate de Rernanes da esquerda após pisada de companheiro. Ah, sem contar o toque no alto salvando outra bola do mesmo Rernanes em lance de escanteio. Só que uma hora a casa cai. Caiu com Nery aos 10, driblando três jogadores segundo o espectador Favilla, e com Fezolas aos 13 tocando na esquerda por cima de Voador. O gol solitário de Giovani escorando na área linda assistência de Zé não mudou nada. Mesmo assim, o Ras fez o 5 x 1 com Léo pegando no meio bonito após espirrada pra cima.
 
Sem corpo mole – Na outra chave, o Abre o Olho espantou o vodu e não deu chances ao Primatas. Foi um acachapante 8 x 3 sem contestação. Apesar das qualidades do Abre, o placar foi elástico muito em função das deficiências escancaradas pelos símios. Erros de passe, de marcação, uma desmotivação geral e temos aí uma explicação para a hecatombe. Em 10 minutos já estava tudo decidido, com 4 gols dos olhudos.
 
Gol número 1 – Luan recebeu no pivô, girou e já era

Gol número 2 – saída errada do Primatas, Fê Amato pegou no meio e mandou na rede rente a trave

Gol número 3 – falta da linha do shoot out, Vander mandou baixa pra dentro da área pra Luan, que tocou e viu Choco fazer a defesa, mas aproveitou rebote e guardou

Gol número 4 – contra-ataque que Vander saiu de frente a Choco e rolou por baixo do goleiro
 
Tivemos ainda um quinto (cruzamento de Amato e gol de Biro) e um sexto gols (Dieguinho tomou de Italo na defesa símia e...) no primeiro tempo, para um gol solitário de Rampazo em jogada de falta. No segundo tempo, Luan pisou para Cezinha deixar o dele chutando no alto e, pelo Primatas, Gabi tirou duas bolas em cima da linha (uma de Luan batendo a carteira de Lapinha e outra de Dieguinho tabelando com Luan e encobrindo Choco). Rampazo (na verdade, gol contra) faria mais um e Lapinha outro, mas Perna decretaria o 8 x 3 em contra-ataque que tabelou com Beza.
Máquina de gols – Nas quartas, reedição da estreia do time ante o Invictus. Na ocasião, virada e vitória por 3 x 2. Confronto de dois dos três melhores ataques da competição.  O Invictus agradece a fragilidade defensiva dos adversários, e o Sanjamaica foi um deles. Mesmo com um goleiro improvisado, Faustinho, o Invictus não foi ameaçado em momento algum. Foi um passeio em que o toque de bola do Invictus envolveu com facilidade e anotou gol atrás de gol. A maior parte deles em jogadas de toque de bola até alguém na linha de fundo, que joga pro bate de outro. Nessa saíram gols de Alê Bianco e Bruninho (no total, hat trick do primeiro e dois do segundo). No segundo tempo, quem apareceu foi a dupla Marcelo e Gabi. Dos pés deles saíram dois gols – o primeiro chutou e o segundo encostou nela (sem querer?) para matar o goleiro. No outro, Marcelo rolou da direita pra Gabi, na marca do pênalti, escolher o canto e comemorar. No final, 7 x 1.
 
Senta que lá vem textão! – Quis o destino que o melhor jogo, o mais emocionante e empolgante, fosse o último do sábado à tarde. O favorito TeJanto teve a faca, o queijo, a goiabada e tudo que você quiser na mão, mas deixou cair na hora de enfiar na boca! Os famintos saíram na frente com Bruninho, no meio de campo, caindo e girando estilo capoeirista para mandar no canto de Negueba! A virada veio a cavalo, com participação efetiva do craque Nery. Bola recuperada no meio, Nery avançou com ela e mandou para Bruninho mandar a pancada no canto rasteiro! A mesma parceria podia ter rendido novo gol, mas desta vez Grandão saiu e salvou.
 
Só que o Senta tem Nery, e quem tem Nery tem gol! O maestro soltou o pé destro da esquerda e acertou o canto. Busca lá, Grandão! Mas não tem bode com um time tão intenso quanto o TeJanto, que não demorou dois minutos para igualar novamente o placar. Jogadaça do time: Gui Faria veio costurando pelo meio, tocou a Mogi, que fez o pivô e devolveu para aproximação e assistência de Gui para Rô, na área, caindo virar e meter caixa! 2 x 2!
 
No início do segundo tempo, o TeJanto marcou duas vezes e tranquilizou a torcida. O Senta desesperou, era questão de tempo para Mogi e cia. matarem o jogo. Só que pra matar precisar dar na cabeça, não deixar a cobra de mexer, certificar-se de sua morte. E foi isso que o TeJanto não fez! Perna diminuiu aos 14 e até o final os famintos perderam uma carreata de gols! Parecia Paulista após final de campeonato! As jogadas principais envolveram Mogi: numa, ele recebeu na esquerda após Bruninho furar a letra na área e voltou pra área no alto, onde o mesmo Bruninho entrou num peixinho lindo à queima roupa e viu a bola explodir no muro!!! Na outra, Negueba saiu jogando errado e deu no pé de Mogi. O matador (pero no mucho desta vez) ficou de frente e, vendo o goleiro adiantado, foi caprichoso ao extremo para dar o toque por cobertura e errar!!!
 
Então o barbudo dos céus castiga. Pendurado em falta, o TeJanto viu Diegão fazer falta muito besta no meio de campo já nos acréscimos e assistiu incrédulo a Nadal ter muita personalidade para bater e converter! Uau! Empate e fim de jogo!!
 
Bicho, se você chegou até aqui na leitura e acha que foi emocionante, você não perde por esperar. Mais uma decisão por shoot outs, até aí nada demais. Eis que começam as cobranças. Mogi é o primeiro a correr com a bola e lançou ela em órbita! Alguém lembrou do Elano? Nery também perdeu o seu, assim como...
3. Gui Faria
4. Nadal
5. Thales
6. Valdivia
7. Bruninho – aqui temos um detalhe: Bruninho partiu e foi derrubado por Negueba. Pênalti anotado e Negueba desclassificado. Para o gol, entrou Careca, o capitão. O pênalti foi batido pelo mesmo Bruninho e CARECA DEFENDEU PULANDO PARA SEU LADO DIREITOOOOO
8. Pato
9. Zé Blois
10. Perna
11. Paulinho bateu e Careca pegou!!!!
12. Careca bateu... FINALMENTE ALGUÉM ACERTOU UM PORRA DE UM SHOOT OUT!!!!
Ao total, 12 COBRANÇAS PARA UM ACERTAR! VAI, CARECA, MEU HERÓI!!!! SENTA NAS QUARTAS DE FINAL!!!!
 
Quesefodista e sofredor, graças a Deus! – O adversário de Careca e seus asseclas será o SPQSF, o encardido SPQSF, dos (spoiler!) reis do shoot out Vini e Dicredo! O time de mamãe Dicredo (os filhos ainda vão matá-la de tanto sofrimento) abriu a rodada de domingo ante o All Games, e com um gol solitário de Darx – escorando livre no segundo pau cruzamento de Dicredo após antecipação da defesa e a bola cair pra ele na direita – parecia que estava no caminho das quartas. Caminho com muito sofrimento, né, bem ao estilo da equipe!
 
O All Games foi valente e pressionou o jogo todo, criando muitas chances e colocando Vini para trabalhar. Perdeu gols – Afonso mandou por cima no segundo pau cruzamento de Índio, por exemplo –, viu Vini aparecer bem – parando Índio na área ao sair bem em seus pés quando já chutava após espirrada de arremate em Rick (alguém viu braço?). Eis que nos acréscimos, a fórmula do sofrimento do SPQSF ruiu: falta no meio de campo rolada para Pedrinho, que errou o chute mas acertou a bola para Índio, na área, à queima roupa, fuzilar no alto. Empate aos 22 minutos!!!
 
E o leitor já sabe que empate é disputa de shoot outs! Uma constatação dessas oitavas: a rapaziada anda precisando treinar mais! Depois do fiasco acima descrito de TeJanto e Senta os Alunos, foi a vez do All Games fracassar 100%. Magro viu Vini fazer grande defesa e Pedrinho se enrolou com a bola diante do goleiro quando este não caiu. Já Dicredo teve sorte ao driblar e o goleiro tocar nela, mas entrar de todo jeito, toda dengosa, mansinha, enquanto Darx optou pelo arremate cruzado no alto para vencer Piovan. Com isso, 2 x 0 e SPQSF avança!
 

Agora, dia 9 de março, teremos rodada dupla! Quem vencer nas quartas joga a semifinal no mesmo dia! Atenção para os horários, hein! Abaixo os duelos:


Comentários

Total (0)