Notícias  » Geral

BALANÇO # 2 - A segunda faz tchun

           

Olha o Ras mostrando as garras! O Abre o Olho seguirá com vontade? O gás do Tejanto acabou?
  • Seu notebook anda travando?

    Suporte para seu notebook e computador. Atendimento em domicílio. (11) 99138-0262
  • Torneio de quinta à noite? Tem sim!

    Sua noite de quinta será a maior diversão!
 
GRUPO A
 
O Sanjamaica podia ter confirmado sua presença na Divisão Ouro caso não deixasse escapar a vitória ante o Gold Label. Pois é, já nos acréscimos, o jogo aéreo do Gold, pesado, surtiu efeito: bola pra área e Yoon usou a cabeça para dar o primeiro ponto ao novato! Em 8 minutos o placar apontava 2 x 2, gol aqui gol lá. Só que Furta estava em tarde inspirada e marcou mais um, seguido de Victor. Com 4 x 2 o Sanja relaxou, jogou mais recuado e tinha o contra-ataque a seu favor. Já no segundo tempo, Furta, da marca do pênalti, pegou à queima roupa e Porla salvou no alto. Então o Sanjamaica mostrou que não é de confiança: falha generalizada atrás para uma dedada violenta de Alemão na gaveta do meio da rua! 4 x 3! Os amarelinhos seguraram quanto puderam, até o minuto 22 e aquela bola pelo alto...
 
O empate foi bom para Império Celeste e Lokomotiv. O Império, com a perda de 3 pontos, precisava vencer de qualquer maneira se ainda quisesse pensar nas duas primeiras posições. E foi com duas assistências de Guedes (ah vá!) que chegaram lá! Na primeira, o pirulão recebeu na linha de fundo, deu o come no marcador e rolou para Rafinha empurrar tranquilão. O empate saiu em c* do Império. Um recuo do meio para trás encontrou Neto livre! Um recuo que virou assistência! Neto driblou Piero e jogou lá dentro! Já aos quase 20 do segundo tempo, depois de martelar, o Império arrancou a vitória! Garga afastou lançamento, um imperial recuperou e deu a Guedes no meio. Avanço com corte e bola para Arai dividir com Garga e, a la Muller, fazer o 2 x 1!!!
 
O Sanjamaica é líder com 4 pontos. Empate ou vitória ante o Lokomotiv e estará na Ouro. Se perder, precisa que o Gold Label não goleie o Império. Para o Lokomotiv, a derrota pode significar Divisão Prata. O Gold precisaria vencer e torcer pelo Sanjamaica.
 
GRUPO B
 
O Condor´s já está na Ouro com sua segunda vitória consecutiva. Chega aos 6 pontos após uma disputa renhida com o Só Quem Sabe, que vendeu caro a derrota e chegou a estar merecendo a vitória antes de sofrer o segundo gol e descambar. O time de Pedrão saiu na frente de cabeça com Folegatti, mas um minuto depois já sofria o empate de Cachorro em assistência de Rafa Martins. Já no segundo tempo, o Condor´s patinava no meio e o SQS era perigoso no contra-ataque, mas um clarão se deu e Gio, Viola e Varjão surgiram livres na área ante Arthur Chan para o 19 completar em gol! Virada! Sem forças, o SQS foi sepultado com gols de Rafa e Viola.
Ao lado do Condor´s na Divisão Ouro estará o SQS ou o Sexta-Feira, que goleou o Titans por 6 x 2. Uma dupla do Wake ‘n’ Bake foi o diferencial, com dois gols cada: Cury e Nieto (um de pênalti)! O capitão Marcelo e Patrick fecharam o placar. Ao Titans fica o bom primeiro tempo, quando seguraram o jogo em 2 x 2. O desequilíbrio após o pênalti (com o técnico Murilo expulso) a gente tenta esquecer...
 
O SQS leva vantagem para ser 2º colocado pois encara o Titans, que ainda não somou pontos. Não que será fácil o jogo, mas sim porque a missão do Sexta é o favorito Condor´s, que não costuma perder pontos na fase de grupos. Se Sexta e SQS vencerem, teremos uma decisão em saldo de gols entre os três times. O mesmo se Titans e Condor´s vencerem: ficariam 3 times com 3 pontos e decisão do vice-líder para o saldo de gols! Ou seja, o pulso ainda pulsa, Murilo, Vina e cia!
 
GRUPO C
 
O empate entre SPQSF e Senta os Alunos deixou o Camelo numa boa para beliscar os playoffs da Divisão Ouro. Afinal, após bater o Toiss, terá decisão ante o SPQSF (precisando vencer) para chegar lá. O Senta encara o lanterna para ratificar sua boa fase e brigar na eliminatória mais alta. O Senta tinha tudo para ganhar após sair na frente com Bruninho, no fim do primeiro tempo. O SPQSF se abriu e foi pra cima, dando espaço para o contra-ataque. Num deles, Chico teve a faca e o queijo na mão, mas chutou pra fora rasteiro! No tiro de meta, falta quase no bico da área em favor do SPQSF e Febem, de volta ao mundo Chuteira após anos de isolamento e um longo flerte com o time dos irmãos Dicredo, marcou batendo a falta rasteira! Que retorno, hein, meu caro!!! Castigo aos alunos!
 
O Toiss segue buscando um horizonte claro e límpido, mas a trupe não ajuda. Gui entregou a rapadura ao chutar pra frente e acertar Renatão, que agradeceu e beliscou pra rede. Nem o gol de Robinho de falta levantou o astral: o Camelo respondeu com mais dois gols antes do intervalo, um deles num foguete cruzado de Jiraya da direita e outro de Pedrão em nova falha de Gui, que quando caiu foi em câmera lenta e viu bola fraca do meio de campo entrar rasteira no canto. Lá na frente, Renatinho saiu livre na área e chutou em cima do goleiro. Era pra fazer! Não fez e o Camelo anotou outros três gols no segundo tempo, sendo o derradeiro em jogada de Pedrão, que escapou da foice de Vander e só rolou para Nattis empurrar. Final em 6 x 3.
 
GRUPO D
 
O atual campeão TeJanto vai se complicando nesse Grupo D, que tem o Interativo e o Tirinhas hoje como postulantes ao título da Divisão Ouro. Após a igualdade na estreia, novo empate e ainda sem conhecer o que é vitória. Pode ser a ausência de Monts e seu terno no melhor estilo ‘profexô Luxemburgo’ (coisa que neste sábado está confirmado), ou pode ser uma certa moleza em início de temporada? Ou pode ser o time configurar num grupo carne de pescoço em que o lanterna Faroeste, mesmo tendo perdido as duas, está dando canseira em todo mundo!!
 
O Interativo, sem Samucka, Mandella e Malcom, fez frente aos famintos e comandou o placar desde o início. O segundo gol, de The Rock, foi no estilo brocador: o gigante recebeu na direita, foi pra dentro cortando e trombando até fuzilar no chão. 2 x 1! No segundo tempo, o Tejanto buscou e lutou até arrancar o empate em 3 x 3 com Bruninho.
 
Já o Tirinhas sofreu com a boa marcação do Faroeste e o bom momento do goleiro Herrera, tanto que segurou o 0 x 0 no primeiro tempo. Já no segundo, saiu na frente aproveitando erro do Tirinhas, que cruzou bola no seu campo de defesa e viu Caio interceptar e rolar por baixo de Henrique. Estava aberto o placar! O 4i20 foi avante e deu espaço, mas o Faroeste não conseguia ir ao contra-ataque com mais de dois jogadores, perdendo boas chances. O castigo aos 16 minutos foi com Maria completando cruzamento da esquerda dentro da área. Mesmo o empate não seria má ideia, mas o Tirinhas pôs a bola no chão, não se desesperou e chegou à virada em lateral pra área que Xabi desviou. O banco do Faroeste ficou enlouquecido querendo reversão no lance, mas a arbitragem assinalou o meio do campo!
 
Porém, nem tudo estava perdido, uma sexta falta resolveria a vida do Faroeste já nos acréscimos. A batida de Lucas Augusto não chegou a ser batida porque ele demorou tanto pra sair – e atletas do Tirinhas teriam se adiantado – que a bicuda dos homens de amarelo foi com menos de 5 metros de corrida do atacante. Após o tumulto de valeu ou não valeu, a arbitragem voltou o lance e Vini Reis chamou a responsabilidade. Correu e chutou para defesa do goleirão! Era pra ser 2 x 1 mesmo...
 
O Faroeste está na Divisão Prata já e encara um Tirinhas querendo ser líder. Ao lado, o TeJanto joga tudo ante o Interativo para ainda sonhar com o bicampeonato.
 
GRUPO E
O melhor time da competição até o momento atende pela alcunha de Ras Time, que tem duas vitórias, ambas por 7 x 1. Ou seja, com o Ras, a goleada é certa! Ante o Motumbos, o Ras demorou 8 minutos para ir às redes. Pouco importou a grande defesa de Branco nos minutos iniciais em chute de Digão após tabela com Peter. A contagem foi aberta em falha de Diego, que afastou mal e arrumou foi assistência para Fezolas chegar fuzilando. Macaulin escorou o 2 e o 3 x 0 dentro da área. No segundo tempo o Motumbos se soltou mais. Porém, quem marcou foi o Ras, até porque Fuentes furou na área sozinho chute de Trajonha que ia pra fora. Já estava 6 x 0 quando o Motumbos enfim marcou o seu de honra. Foi de Torres, cortando lançamento de Cipó e disparando pela direita até mandar o foguete cruzado na rede lateral! Golaço! Mas o belo tento não apaga uma atuação cheia de falhas que custaram o placar elástico.
 
Tranquilo na Divisão Ouro, o Ras encara o Receba e joga pelo empate para confirmar a liderança. O Veras, que ficou no 1 x 1 com o próprio Receba, deve ir pra Divisão Prata, já que precisaria golear o Motumbos e o mesmo fazer o Ras. O Receba, aliás, vem se destacando graças às grandes atuações de Léo Voador, que mais uma vez saiu de quadra debaixo de elogios dos adversários. De fato, o Veras teve mais posse, criou e chegou mais,  mas o goleiro anda em ótima fase e só foi vazado aos 16 minutos do segundo tempo! Quando não era ele era a trave! Foram ao menos três bolas nela.
 
GRUPO F
O Abre o Olho é outro que está 100% e confirmado na Divisão Ouro. Após a estreia apertada ante o Invictus, veio um passeio pra cima do Bicho Solto. O primeiro tempo acabou apenas 2 x 0,  mas no segundo foi um enxurrada. Luan acabou com hat trick. Num deles ele chutou de longe de canhota rasteira e Yghor aceitou. Em outra, completou de fora da área jogada de Cesinha e Vander pela esquerda. Por falar em Vander, ele vem sendo o principal jogador do time e da competição, com boa marcação e criação de jogadas, assistindo seus companheiros (o rolinho em Laurenz com passe pra Winni perder o gol foi um detalhe). Um deles foi pra Perna, que marcou o 5 x 0 após este mesmo ter feito o quarto, numa cacetada do meio após cortar passe e duas vezes seu marcador. A bola foi na gaveta! Ao fim, 7 x 0 na conta sem resistência do Bicho.
 
O Bicho tem 3 pontos e decide neste sábado com o Invictus quem vai pra Divisão Ouro na 2ª posição. Isso porque o Invictus, mesmo jogando mal, conseguiu superar o Astúcia em pernas e deslanchou na metade do segundo tempo, fazendo quatro gols. O time do suspenso técnico Leandro Dias pedia para perder, inclusive tomando bola na trave de Vinicius no início da etapa final. O alívio veio aos 10, quando Gú recebeu passe de Raphinha e abriu a porteira. Raphinha perderia gol feito em rebote de Victor Soares após tijolada de Paulão, mas o ex-atacante do Arouca se redimiu com gol em assistência de Alê Bianco e rolinho em Gio antes de sofrer a falta quase no bico da área e ver o adversário ser amarelado. Já Alê Bianco fez o mais difícil ao receber assistência de Raphinha e perder o gol mais feito do dia! Ao menos ele acertou o pé em seguida e anotou o 3 x 0, com Che fechando a conta tendo o adversário já beijado a lona.
 
GRUPO G
O Primatas lidera o Grupo G pelo saldo de gols após vencer o Pervas por 7 x 4. Eis um jogão de bola, em que os símios tiveram de correr atrás do resultado durante quase todo o tempo. Pelo Pervas, destaque ao pivô Salgado, autor de hat trick e virando todas quando recebia ali perto da área. A marcação símia era frouxa (ou não confiava que o gordinho fosse fazer o que fez) e Salgado embalou o bebê três vezes no primeiro tempo. O terceiro foi num lance polêmico, em que a bola ficou viva na linha do gol e ele chegou se jogando pra empurrar pra dentro bola e adversário (o Primatas queria a marcação de um carrinho). A juizada validou o gol, o Primatas chorou mas seguiu jogando, como deve fazer.
 
A resiliência foi recompensada no segundo tempo, quando transformaram superioridade técnica e de posse em gols. Time intenso no ataque, viu Rampazo marcar duas vezes, assim como Kaique. O segundo gol alvirrubro (2 x 2, ainda no primeiro tempo) foi em falta da direita que Lapinha jogou pra Rampazo da linha da primeira trave. Não deu pra Tomate, que ia se virando como podia. A virada foi aos 5 do segundo tempo: Lapinha jogou a Kami na linha de fundo, que ajeitou para trás para batida certeira de Rampazo. O Pervas era cirúrgico quando chegava, tanto que empatou de cabeça com Tex (4 x 4). Entretanto, na tabela de Kaique com Guibson veio o quinto gol, para então o sexto e o sétimo e Gui Fenômeno poder respirar aliviado!
 
O All Games chegou aos mesmos 4 pontos do Primatas ao bater o Schalkebrada por 3 x 1. O lanterna sofre sua segunda derrota e já se prepara para o mata-mata da Prata. Terá pela frente o Primatas, um ótimo teste para as pretensões de Peron e equipe. Os gamers encaram o Pervas valendo vaga na Divisão Ouro e jogando pelo empate. Ainda espera-se a volta de Drey às quadras e Pipo da ressaca do pré-casamento.
 
GRUPO H
Apesar de seus 6 pontos, o 2 Tok´s não está 100% garantido entre os dois primeiros colocados. Isso porque se perder do Plata e o Hooligans bater o Ex-trelas, tudo ficaria para o saldo de gols! Só que a virada pra cima do Hooligans no último sábado foi importantíssima. O alviverde saiu na frente com chute de trás que Profeta desviou e matou Gallego. Os demais gols saíram só no segundo tempo, numa sequência alucinante de quatro gols em três minutos! Ygor empatou ao receber na esquerda, cortar pra dentro e chutar rasteiro. Nicaretta ao menos caiu pra não dizerem que ele nem tentou. Mais um minuto e Bahia virou, após tabela com Rafa. Novo empate com Kopa batendo a carteira de Cross, que caiu e ficou fingindo aquela dor pra ficar menos feio, e tocando pra Profeta marcar seu segundo! E outro vira-vira com Gui Garrido tomando na direita de Bahia, disparando pela direita e soltando o canudo baixo. 3 x 2!
 
Depois disso, apagão hooliganiano e Rafa foi às redes duas vezes e Gio anotou o quinto gol vindo de trás, tabelando e arrematando para Gustavinho tentar cortar e meter pra dentro! Ainda deu tempo de Profeta cravar seu hat trick usando a cabeça em escanteio, mas o 2 Tok´s segurou-se atrás e levou o 5 x 4 até o apito final.
 
O adversário do 2 Tok´s na rodada final será o Plata o Plomo, que enfim estreou na competição! A volta de Jarra ajudou o time a ter maior poderio ofensivo, mas a fragilidade do Ex-trelas na defesa também tem sua responsabilidade. O camisa 10 marcou três vezes, duas dela no primeiro tempo, quando o time fazia 3 x 0 tranquilos até que Bruninho Franco surgiu nos acréscimos para fazer dois gols e manter a chama acesa. Foi voo de galinha, já que mal começou a etapa final e Thyago balançou as redes duas vezes (com o do primeiro tempo, ele teria ali seu hat trick) – as duas em rebote de Johnny, defendendo pancada de Silveira e outra de Gustavo. Ficou fácil para quem tem o faro do oportunismo e sabe se posicionar! Mais letal que Romário!
 
Jarra assinaria ainda um golaço na gaveta de fora, pena que o juizão flagrou falta dele no início da arrancada. Mas o sexto tento estaria garantido de cabeça, enquanto o sétimo foi de Paulinho cumprimentando toque na cara do gol de Silveira. A vaca já tinha deitado há muito tempo.

Comentários

Total (0)